14 de julho de 2021

Sabrina Sato e Duda Nagle lançam app Be Brave, com acesso a treinos e cuidados de saúde e bem-estar

Plataforma oferece gama completa de treinos físicos, alimentação e cuidados com a mente; Mercado de aplicativos neste segmento movimenta mais de R$ 150 milhões no Brasil

Sabrina Sato lança aplicativo de treinos e cuidados com a saúde | Foto: Divulgação

A veia empreendedora da apresentadora Sabrina Sato pulsa desde o dia em que ela se viu diante de um novo caminho profissional ao sair do Big Brother Brasil, sempre antenada em diversificar novos negócios, além de sua carreira na TV como apresentadora.

Com um portfólio considerável de empresas nas quais ela investe, por meio do escritório Sato Rahal – tendo como sócios seus irmãos Karina e Karin – Sabrina acaba de dar um novo passo em seu portfólio de investimentos. Ao lado do marido, Duda Nagle, e do personal físico do casal, Marcio Lui, se tornam investidores na startup Be Brave e lançam o app Be Brave no Brasil.

Para a apresentadora, o app é a sincronia perfeita para quem deseja, em um único clique, obter rotinas de treinos, equilíbrio nutricional, orientações de controle emocional e tantas outras dicas importantes para sua saúde. “É a união desses pilares traduzidos em uma plataforma digital única e inovadora. Muita gente me acompanhou diariamente em lives de exercícios no início da pandemia e agora juntos novamente podemos nos exercitar e cuidar da mente e bem-estar”, comenta.

O marido de Sabrina, Duda Nagle, adepto a uma rotina incansável de treinos, traduz o app como uma grande aliada no processo de desenvolvimento para uma vida mais saudável. “Be Brave une a tecnologia e diversos recursos para quem quer se manter motivado a buscar a saúde, boa forma, condicionamento físico e mental, com aulas de nutrição e exercícios físicos para qualquer hora e lugar”, avalia.

Marcio Lui ressalta a importância do incentivo a uma melhor qualidade de vida. “É uma forma fácil de mexer o corpo trazendo todas as informações necessárias (treinos, guia nutricional e cursos) na palma da mão”, ressalta o treinador físico de Sabrina e Duda, que traz a metodologia de treinos do casal Sato Nagle exclusivamente para o app.
Be Brave, consultoria esportiva online

Fundado em 2019 pelos profissionais de saúde Gabi Dezan (fisioterapeuta, educadora física e bi campeã mundial de fisiculturismo), Daniel Dezan (nutricionista, mestre em Treino em Alto Rendimento e doutorando em Educação Física e Desporto) e Isadora Cambraia (psicóloga e Mestre em Análise do Comportamento), em conjunto com os empresários Gabriel Veloso Cambraia (especialista em tecnologia) e Carlos Arruda (publicitário com ampla experiência em gestão de negócios), o modelo de negócios da Be Brave nasceu como uma ferramenta completa de cuidados com o bem-estar físico e mental. Com mais de 5.700 assinantes em vários países do mundo, entre eles Estados Unidos, China, Japão, Austrália, Turquia e diversas regiões da Europa, a plataforma web based desenvolvida pelos sócios-fundadores passou por evoluções para se tornar um aplicativo e, com a chegada de Sabrina, Duda e Marcio ao pool de investidores, avança para fortalecer sua presença no Brasil.

De olho em um segmento lucrativo

Segundo estimativas da consultoria App Annie, o mercado de aplicativos de bem-estar registrou índices elevados de crescimento em 2020 e já movimenta mais de R$ 150 milhões no Brasil. No primeiro ano da pandemia, o volume de downloads dessas plataformas digitais por aqui chegou a 181 milhões, um crescimento de 45% – muito acima da média global, que ficou em 30%. Em termos de tempo de uso, os brasileiros ficaram 170 milhões de horas nesses apps, o que gerou uma movimentação financeira de cerca de R$ 151 milhões para esse nicho, fazendo dele um dos mais promissores, de acordo com a análise, para startups no pós-pandemia.

Diante desse cenário em expansão acelerada, o app Be Brave investe em diferenciais para se tornar referência: conta com sistema robusto de aprendizado computacional, que através de Machine Learning e Inteligência Artificial oferece aos usuários programas personalizados, de acordo com o perfil e objetivos específicos de cada pessoa. Com esse suporte e interface amigável, a ferramenta consegue se adequar a diversos tipos de público – desde jovens, a partir de 18 anos, até a terceira idade – o que permite sua globalização. Em sua estrutura, oferece mais de 120 receitas, 450 vídeos de aulas de exercícios físicos, cursos sobre alimentação e bem-estar para todos os tipos de públicos, de várias idades. “Nossas aulas de exercícios físicos são acompanhadas por vídeos que são tutoriais que ajudam os praticantes a executar os exercícios de forma correta, evitando lesões e aumentando a performance”, explica Carlos Arruda.

Graças à tecnologia, o assinante pode alterar seus roteiros de alimentação a cada 15 dias e substituir os alimentos que fazem parte da programação, mas não estão disponíveis na mesa naquele momento. “O sistema permite, por exemplo, realizar trocas de itens no cardápio por outras opções, respeitando o mesmo equilíbrio nutricional indicado”, completa o empresário.

O app, por meio do aprendizado pautado pela inteligência artificial, também é capaz de adequar as sugestões de treino de acordo com o cotidiano do usuário. Para tanto, ele traz alternativas que incluem uso de itens convencionais de uso doméstico como parte das estratégias para adaptação à rotina longe de quem não tem acesso a equipamentos profissionais ou ainda direcionamento de conteúdos com aulas para estimular uma experiência cada vez mais personalizada para seguir motivando as pessoas do outro lado da tela. Com isso, da mesma forma, a evolução da própria plataforma é também guiada pelas necessidades de seus assinantes.

Ótimo custo-benefício aos assinantes

Único app disponível no mercado que une alimentação saudável, rotina de treinos e técnicas de controle da ansiedade em um único serviço, o Be Brave chega ao mercado com um custo mensal por assinatura de US$14,90 – em torno de R$ 80,00/mês. E as expectativas dos sócios são positivas quanto à aceitação do produto no país.

Até o final deste ano é esperada a marca de 100 mil assinantes no Brasil. Além disso, os sócios projetam investimentos contínuos no aprimoramento da plataforma, com valor total de US$ 1 milhão a ser destinado ao negócio até 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *