Tiffany&Co. anuncia nova era de transparência sobre proveniência de seus diamantes

Medida assegura compra responsável das pedras.

A Tiffany & Co. anunciou hoje (9) que começará a compartilhar com seus clientes a proveniência (região ou países de origem) de seus diamantes comprados recentemente e registrados individualmente – um passo significativo para a transparência do diamante – e, até 2020, compartilhará sua jornada artesanal – uma novidade no setor. A Iniciativa de registro da proveniência de diamantes da Tiffany é possível graças a 20 anos de investimento em compras responsáveis e habilidade artesanal de diamantes.

Ao rastrear cada um de seus diamantes registrados individualmente (a partir de 0,18 quilate) com um número de série “T&Co” exclusivo, gravado a laser e invisível a olho nu, a Tiffany fornecerá aos clientes informações geográficas de compra específicas de cada diamante. Além de ter a certeza de que os diamantes são livres de conflitos, a Tiffany acredita que conhecer a proveniência é essencial para garantir que seus diamantes estejam entre as pedras com compras mais responsáveis do mundo.

“Os diamantes, formados há três bilhões de anos e trazidos à superfície da Terra por um milagre da natureza, são símbolos dos momentos mais importantes em nossas vidas. Diamantes Tiffany devem ser transparentes”, disse Alessandro Bogliolo, diretor executivo da Tiffany & Co. “Nossos clientes querem e merecem saber de onde vem sua joia com diamante mais valiosa e apreciada, assim como o processo pelo qual ela passou.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *