Novo membro da Academia Brasileira de Letras é alagoano

Cacá Diegues irá ocupar cadeira já dedicada a Euclides da Cunha e Valentim Magalhães

O autor que assina mais de 20 obras e reúne inúmeros prêmios em sua bagagem profissional, foi eleito para ocupar a cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras. Cacá Diegues, de 78 anos recebeu 22 votos dos 24 acadêmicos presentes.

O Alagoano radicado no Rio, é diretor de títulos como “Bye Bye Brasil” e “Xica da Silva”. Além desses grandes sucessos,  Cacá Diegues publicou livros como “Ideias e Imagens” e “Vida de Cinema”, sobre o Cinema Novo. Integrou o Júri do Festival de Cannes e, em  1984, realizou o épico Quilombo, uma produção internacional comandada pela Gaumont francesa.

Euclides da Cunha e o fundador da ABL, Valentim Magalhães já ocuparam a cadeira, que estava aberta desde a morte do cineasta Nelson Pereira dos Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *