Nordeste está bem representado em Bienal do Livro de São Paulo

Com direito espaço de cordel e repente.

Acontece dos dias 03 a 12 de agosto no Pavilhão de Exposição do Anhembi  a 25° Bienal Internacional do Livro de São Paulo. O evento conta pela 2° vez seguida com o espaço exclusivo criado para resgatar a Cultura Popular Nordestina. Denominado “Cordel e Repente” e organizado pela Editora IMEPH. Com um caminhão personalizado dentro do pavilhão que se transformará em um palco para os artistas que quiserem se expressar.

“O Espaço do Cordel e Repente se consolidou como uma ação de grande porte na divulgação, preservação e disseminação das artes e saberes ligados a cultura tradicional nordestina.”, Explica Lucinda Marques, curadora do espaço.

Os nomes que farão parte da programação serão de peso, como: Braulio Tvares, que vai lançar seu livro e  Moraes Moreira, integrante do grupo (Novos Baianos), também lançando um livro, denominado : “A História dos Novos Baianos e Outros Versos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *